Jovem esfaqueia padrasto para defender a mãe grávida

Imagem Ilustrativa

Os casos de violência doméstica se multiplicam em Santa Catarina e, no Norte do Estado, em menos de uma hora, dois registros aconteceram em cidades próximas na noite de domingo (28). Em Schroeder, um adolescente de 15 anos esfaqueou o padrasto para defender a mãe, de 37 anos e grávida de seis meses.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima informou que o homem, de 29 anos, chegou em casa alterado, quebrou diversos objetos dentro de casa e a agrediu com um soco na barriga, tapas no rosto, puxou seu cabelo e tentou a enforcar. Ao ver a situação, o filho foi para cima do padrasto e esfaqueou o homem.

O homem foi conduzido ao hospital pelos bombeiros. Já a mulher e o filho foram encaminhados à Delegacia para registro de boletim de ocorrência.

Menos de 30 minutos depois, em Massaranduba, mais um caso de violência doméstica. Uma mulher de 31 anos foi agredida pelo companheiro. A própria irmã entrou em contato com a polícia denunciando o cunhado.

Segundo a polícia, o homem tentou fugir, bateu o carro no muro e quando voltou para casa tentou se esconder nos fundos do térreo. Alcoolizado, ele foi preso em flagrante por embriaguez ao volante, violência doméstica e dano.

ND Online