Justiça proíbe trio elétrico de circular no carnaval em BC

A vara da Fazenda Pública de Balneário Camboriú atendeu pedido da 6ª Promotoria e proibiu a circulação e a apresentação de trios elétricos no feriado de carnaval na avenida Atlântica, em Balneário Camboriú.

A prefeitura anunciou que a Liga Carnavalesca de Balneário Camboriú desfilaria com a corte carnavalesca em um trio elétrico pela avenida Atlântica no sábado e domingo. Já o bonde do Siri Sarado levaria marchinhas e o carnaval das antigas para os bairros.

Ao saber da programação de carnaval, o promotor Álvaro Pereira Oliveira Melo ingressou com a ação alegando que o  estado de calamidade pública causado pela pandemia da covid-19 impede esse tipo de evento.

A região da Amfri está classificada em risco grave para a transmissão do novo coronavírus.

O promotor acredita que a circulação do trio elétrico e do bonde causariam aglomeração de pessoas e o descumprimento das normas sanitárias de combate à pandemia.

No começo da tarde desta sexta-feira, a juíza Adriana Lisboa acatou o pedido e proibiu a circulação do bonde e do trio elétrico no sábado e domingo.