Mãe é presa suspeita de matar o filho e colocá-lo em saco plástico

Foto: Polícia Civil, Divulgação

Uma mulher foi presa na segunda-feira (04) por suspeita de matar o filho recém-nascido em Rio do Sul, na região do Vale do Itajaí. Segundo a Polícia Civil, no dia 24 de junho, ela deu entrada no Hospital Regional de Rio do Sul, com a placenta em mãos, afirmando que havia perdido o bebê.

No entanto, durante depoimento a mulher informou que colocou o recém-nascido em um saco plástico e atirou em uma região de mata, próxima à casa onde mora na cidade. Após buscas no local, o bebê foi localizado pela polícia. A suspeita foi autuada em flagrante pelo crime de ocultação de cadáver, no entanto, foi liberada após pagamento de fiança.

O exame necroscópico realizado na criança constatou que ele nasceu com vida e as causas da morte foram hipotermia e parada cardiorrespiratória. Diante disso, a autoridade policial representou ao Poder Judiciário a prisão preventiva da suspeita, que foi deferida.

Conforme a Polícia Civil, o prazo para conclusão das investigações é de dez dias, após o fim dos depoimentos de testemunhas e os resultados de exames periciais. A mulher pode responder pelos crimes de ocultação de cadáver e homicídio doloso (quando há intenção de matar).

A pena do crime de ocultação de cadáver é de um a três anos e multa. Já do crime de homicídio doloso de doze a trinta anos, aumentada de um terço, em razão da idade da vítima.

SCC 10

Publicidade