Mais de 600 quilos de cocaína que iriam para Alemanha são apreendidos em porto

Uma carga de cocaína foi aprendida pela Receita Federal na manhã desta terça-feira (31) no porto de Itapoá, no Litoral Norte de Santa Catarina. A droga estava escondida em meio a compensados de madeira. A pesagem inicial somou 645,5 quilos de cocaína.

A droga estava dividida em tabletes dentro de três pallets de compensados pouco antes das 11h. Segundo a equipe da alfândega da Receita Federal de São Francisco do Sul, o destino da droga era o porto de Hamburgo, na Alemanha.

Drogas são apreendidas no porto de Itapoá em SC — Foto: Receita Federal/Divulgação

“A equipe de inteligência aduaneira da Receita Federal, responsável pela investigação, enviou alerta para a equipe da alfândega da Receita de São Francisco do Sul, que analisou o alerta e comparou com imagens do escâner. Viemos in loco verificar a suspeita e se comprovou a presença de cloridato de cocaína. As investigações estão em curso pela Receita Federal”, informou o delegado da Receita, Edwilson Mota.

Nenhum suspeito foi detido. A Polícia Federal vai instaurar inquérito na Delegacia de Joinville para apurar o caso. Esta é a quarta apreensão de cocaína feita só este ano no porto de Itapoá. Ao todo, foram apreendidas mais de três toneladas da droga no local.

Carga de cocaína estava escondida em meio a compensados de madeira em porto de SC — Foto: Receita Federal/Divulgação

Carga de cocaína estava escondida em meio a compensados de madeira em porto de SC — Foto: Receita Federal/Divulgação

Comente Abaixo