Mais de 76% da população adulta de Balneário Camboriú já iniciou o processo de vacinação contra COVID

Até esta quinta-feira (12), Balneário Camboriú já aplicou 121.129 doses da vacina contra Covid-19. Destes, 81.376 são da primeira dose, 34.953 são da segunda dose e 4.800 são da dose única.

Somando a primeira dose e dose única, são 86176 doses aplicadas, o que corresponde a aproximadamente 76% da população adulta da cidade.

O telefone (47) 3261-6243 está disponível para tirar dúvidas a respeito da vacinação, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Vacinação

Nesta sexta-feira (13), a vacinação contra Covid-19 em Balneário Camboriú ocorre, das 8h às 17h, na Unidade Básica de Saúde Central, na Rua 1.500, e no drive-thru, ao lado do colégio Ivo Silveira. Nas demais UBS ocorre das 8h às 12h e das 13h30 às 17h.

Quem pode receber a vacina?

Balneário Camboriú está vacinando contra Covid-19 pessoas com 27 anos ou mais. Para se vacinar é necessário apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência.

Profissionais da indústria

Os trabalhadores da indústria com 26 anos ou mais também podem se vacinar. É preciso apresentar documento oficial com foto, comprovante de residência e declaração da empresa com indicação da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) e sua descrição, além de carteira de trabalho ou crachá funcional ou contracheque. A lista completa de quais CNAEs são aceitos pode ser conferida no link https://bit.ly/3rsVdtu.

Gestantes, puérperas e lactantes

Lactantes, gestantes e puérperas se vacinam somente na UBS Central. É preciso apresentar documento com foto, comprovante de residência e prescrição indicando a vacina Covid-19, além de carteira de gestante para as grávidas e certidão de nascimento da criança para as puérperas e lactantes.

Segunda dose

Fique atento a carteirinha de vacinação para checar se não completou o intervalo para tomar a segunda dose. Aqueles que receberam a primeira dose da vacina AstraZeneca podem receber o reforço do imunizante no prazo de 10 a 12 semanas. Os que foram imunizados com a Pfizer têm que completar 12 semanas de intervalo, enquanto os que receberam CoronaVac precisam esperar 28 dias.