Mais de 9,4 mil funcionários aderem ao plano de aposentadoria do Banco do Brasil

Instituição espera reduzir despesas com pessoal em até R$ 2,3 bilhões a partir do próximo ano

O Banco do Brasil informou, nesta segunda-feira, em comunicado direcionado ao mercado, que 9.409 empregados aderiram ao Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada (Peai). A adesão ao plano estava aberta até a última sexta-feira. O público potencial que poderia aderir ao programa era de 18 mil pessoas.

Com essa adesão, o banco terá despesas com pagamento de incentivos, em 2016, de R$ 1,4 bilhão. Entretanto, em 2017, a estimativa é de redução de despesas com pessoal no valor de R$ 2,3 bilhões.

No dia 21 de novembro, o banco anunciou medidas de reestruturação, como fechamento de agências, ampliação do atendimento digital, redução de jornada de trabalho e o Peai.

Por meio do plano, o banco concedeu incentivo de desligamento correspondente ao valor de 12 salários, além de indenização pelo tempo de serviço, que varia de um a três salários, a depender do tempo de banco (entre 15 e 30 anos completos).

Para aderir, era preciso já estar aposentado pela Previdência Social ou ter 50 anos de idade e, no mínimo, 15 anos de trabalho no banco.

(O Sol Diário)

Comente Abaixo