Mais de sete mil pessoas têm até sexta para se vacinar contra a Influenza em Balneário Camboriú

Encerra na sexta-feira (26) a campanha nacional de vacinação contra a Influenza. Em Balneário Camboriú, mais de sete mil pessoas ainda faltam se vacinar. A campanha, que iniciou no dia 17 de abril, já imunizou 16.184, o equivalente a 68.42%, das 23.654 pessoas que fazem parte dos grupos prioritários. Até o momento, os idosos foram os que mais se vacinaram, alcançando 86,23% doses aplicadas neste grupo. Também já foram imunizados 52,34% gestantes, 50,69% trabalhadores de saúde, 41,39% crianças e 40,74% Puérperas.

Na última sexta-feira e sábado (19 e 20), a Secretaria de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica (DEVE), vacinou 190 pessoas em uma ação realizada no Atlântico Shopping. Desse número, 37 foram crianças, 77 idosos, 18 trabalhadores da saúde, 4 gestantes, 19 professores e 35 portadores de doenças crônicas. “Fizemos essa ação para dar mais oportunidade para as pessoas se imunizarem contra a influenza. Além disso, também ocorreu no dia 13 de maio a mobilização nacional onde mais de 1300 doses foram aplicadas”, comentou a diretora da Vigilância Epidemiológica, Laís Emídio.

De acordo com o último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde, em Santa Catarina, 932.335 já foram vacinados, o equivalente a 68% dos 1.371.033 que fazem parte dos grupos prioritários no estado. Já no país, apenas 28,7 milhões de brasileiros procuraram os postos de saúde. O número representa 53% do público-alvo, formado por 54,2 milhões de pessoas, consideradas mais vulneráveis para complicações da gripe.

Segundo a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) os grupos prioritários para a vacinação contra a influenza são crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais; além dos professores que são a novidade deste ano.

A vacina está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), no Posto de Saúde Central, no Núcleo de Atenção à Mulher (NAM), Posto de Atenção Infantil (PAI) e no Núcleo de Atenção ao Idoso (NAI).

____________________
Informações Adicionais:

Secretaria de Saúde
Departamento de Vigilância Epidemiológica
(47) 3363-4170

Publicidade