Manaus: PM apreende 45 cilindros de oxigênio em barco

A Polícia Militar do Amazonas prendeu um homem de 44 anos que tentava transportar 45 cilindros de oxigênio de forma irregular, no porto de São Raimundo, zona oeste de Manaus, na noite de quinta-feira, 14.

Os policiais foram acionados às 22h por denúncia anônima sobre um barco, de nome “Deus é Bom Demais”, ancorado no porto e, possivelmente, iria transportar cilindros de oxigênio para Juruá (a 713 quilômetros de Manaus). Os policiais localizaram a embarcação e encontram 28 cilindros cheios e 17 vazios.

O proprietário do barco não tinha documento que comprovasse a posse do produto. Os cilindros foram apreendidos, inspecionados e distribuídos aos hospitais que necessitam do material. O homem foi levado para a Delegacia Geral de Polícia Civil.

cilindros apreendidos
Caminhão com os 33 cilindros estava próximo ao Sesc Amazonas (Fotos: Divulgação/SSP-AM)

Outra apreensão foi realizada em um caminhão no bairro Alvorada, zona centro-oeste, na tarde desta quinta-feira, 14. Após denúncia, um homem de 38 anos foi preso e vai responder por reter produtos para o fim de especulação.

Isto porque, segundo o delegado Bruno Fraga, diretor do Departamento de Polícia do Interior, ele informou que possui uma empresa de comercialização de cilindros de oxigênio, porém ficou com medo que a população invadisse a estabelecimento em busca do material, e decidiu tirá-lo do local.

“Ele informou também que os cilindros haviam sido envasados na quarta-feira, 13. Os materiais apreendidos foram encaminhados na noite de hoje para unidades hospitalares de Manaus”, disse Fraga.

Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública), o caminhão estava distante da empresa, com os cilindros sendo distribuídos gradualmente. O fato ocorreu nas proximidades do Sesc Amazonas. Foram encontrados 33 cilindros, dos quais 26 possuíam oxigênio.

cilindros de oxigenio
Policiais civis fizeram a escolta do material para abastecimento em quatro unidades de saúde (Fotos: Divulgação/SSP-AM)

Policiais civis fizeram a escolta do material para abastecimento em quatro unidades de saúde da rede estadual na noite desta quinta-feira. Para o Hospital Beneficente Português, foram 11 cilindros. Seis foram para a FCecon (Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas), seis para o SPA do São Raimundo e três para o SPA do Coroado.

Sobre essa apreensão, a Prefeitura de Manaus esclareceu em nota que não tem qualquer relação com a ação policial que ocorreu no bairro Alvorada, conforme vem sendo divulgado nas redes sociais.