“Marcha pela Diversidade” leva multidão para a Atlântica

A parada da Diversidade atraiu mais de 20 mil pessoas à avenida Atlântica na tarde de ontem, em Balneário Camboriú. Sem precisar desta vez de uma liminar judicial, já que a prefeitura concedeu a licença para a manifestação, o evento teve como atrações especiais a ex-chacrete Rita Cadillac, a modelo Ana Paula Minerato e a influencer Jhenyfer Dulz, ou “Bifão”.

A festa teve concentração inicial na Barra Sul a partir das 14h. No fim da tarde, após às 17h, o grupo seguiu pela Atlântica, ao ritmo do dois trios elétricos. O desfile foi puxado pelo grupo Mães pela Diversidade, com mensagens contra o preconceito.

Em meio à multidão, os participantes também exibiram cartazes pedindo respeito ao público LGBT. Durante o desfile, houve um momento em que os participantes vaiaram o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido).

Os participantes tomaram a calçada, a ciclofaixa e uma das faixas da Atlântica. Em alguns trechos as duas pistas chegaram a ser ocupadas, bem como parte da faixa de areia tomada pela multidão. O desfile seguiu até a praça Almirante Tamandaré, onde a festa foi encerrada.

Quem veio pela primeira vez gostou

Quem veio pela primeira vez aprovou a marcha. Foi o caso dos colegas Leonardo Quixaba, 15 anos, de Itajaí, e Daiana Brito, 19, de Balneário Camboriú. “É a primeira vez, mas já achei ótimo”, comentou Leonardo.

A organização também foi destacada por Murilo Rocha Rodrigues, 22 anos, que veio de São Paulo. Ele já participou da Parada e ontem veio com o namorado, Michael Silva, 27, que curtiu pela primeira vez a festa.

Murilo disse que costuma participar da parada da Diversidade em São Paulo, onde avalia que o evento é melhor aceito que em Balneário. “Ainda há bastante preconceito a vencer”, destaca. Ele, o namorado e amigos chegaram na sexta-feira a Balneário e só voltam nesta segunda-feira.

 

Comente Abaixo