Massa de ar frio vai chegar ao Sul do Brasil com temperatura agradável

Uma massa de ar frio vai ingressar no Sul do Brasil entre sexta e sábado, trazendo temperatura típica de outono durante a tarde e encerrando a sequências de dias quentes, úmidos, abafados e de tempo instável que predomina ao longo desta semana. Será a primeira incursão de ar frio de março e vai começar a marcar a transição gradual para a nova estação.

A massa de ar frio que ingressará não é de forte intensidade, afinal nesta época do ano não é comum que incursões frias sejam potentes. Março sequer chegou a sua metade e o verão só acaba oficialmente pelo critério astronômico em 20 de março. Mesmo assim, o ar mais frio vai ser responsável por derrubar as temperaturas tanto mínimas como máximas, especialmente no Rio Grande do Sul e, principalmente, no Sul gaúcho que terá impacto maior do ar frio.

O ar mais frio começa a ingressar no Sul gaúcho na sexta-feira e no sábado toma conta do Rio Grande do Sul e atinge outras áreas do Sul do Brasil, o que vai garantir um fim de semana com temperatura muito agradável e marcas tipicamente outonais, mais comuns de serem observadas no mês de abril pelas médias climatológicas.

Nas mínimas, a região da Campanha terá mínimas abaixo da média desta época do ano entre sábado e terça com marcas entre 7ºC e 9ºC em alguns municípios nas madrugadas mais frias. Na região tradicionalmente mais fria do Rio Grande do Sul, em razão das altitudes próximas ou acima de mil metros, nos Campos de Cima da Serra, a influência deste pulso de ar frio será menor e ainda haverá nebulosidade com períodos de chuva, o que vai impedir mínimas muito baixas.

Na Grande Porto Alegre, nuvens igualmente devem frustrar maior resfriamento noturno, mas no começo da semana que vem, sobretudo na terça, tempo mais aberto e seco pode proporcionar uma queda maior da temperatura maior em cidades da área metropolitana.

Projeção do modelo GFS para Bagé

As máximas, por sua vez, vão ficar muito mais agradáveis. No fim de semana, a maioria dos municípios do Rio Grande do Sul deve ter tardes com marcas nos termômetros entre 23ºC e 25ºC, em média. No início da semana que vem, apesar de aquecer, a temperatura não chega a subir muito e seguirá agradável. No Norte e no Nordeste gaúcho, nuvens e instabilidade vão se somar ao ar frio de pouca potência na região para deixar as máximas menores.

Antes do ingresso do ar mais frio no final da semana, uma frente fria vai avançar pelo Rio Grande do Sul entre esta quinta e a sexta-feira com aumento de nebulosidade e chuva generalizada. Não será chuva de verão, como vem ocorrendo, e que se caracteriza por ser isolada e passageira.

A chuva desta vez será ampla e atingirá todas as cidades. Em algumas regiões, como o Sul, mais na quinta, e em outras, como a Metade Norte, principalmente na sexta. Não se pode descartar a possibilidade de temporais localizados com raios, granizo e vento forte à medida que a frente fria se aproxima nesta quinta e avança pelo território gaúcho ao longo da sexta-feira.

Embora a previsão seja de chuva generalizada entre quinta e sexta pela frente fria, os volumes não serão altos em todas as localidades. Haverá vários pontos em que as precipitações não devem exceder 10 mm ou 20 mm na soma dos dois dias, contudo em grande número de municípios a chuva deve somar ao menos 30 mm a 50 mm e com acumulados localizados mesmo próximos e acima de 100 mm em algumas localidades. Há modelos indicando volumes muitíssimos isolados de até 150 mm entre hoje e sexta do Centro para o Oeste gaúcho.

 

Luiz F. Nachtigall
MetSul.com
Publicidade