Michelle Bolsonaro vai a Saudades prestar apoio a famílias

Em uma demonstração de solidariedade e união de esforços para o enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes, a primeira-dama do Estado, Késia Martins da Silva, acompanhou a comitiva de autoridades federais e estaduais que esteve no município de Saudades, na tarde desta sexta-feira, 21.

Com as presenças da primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro e da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, a agenda foi marcada por uma reunião de trabalho no município e pelo encontro com familiares das vítimas e profissionais da creche onde três crianças e duas educadoras foram assassinadas, no começo de maio.

“Estou aqui como mãe, mulher, professora e também como cidadã. Quero garantir a vocês que vou acompanhar de perto a implementação das medidas já anunciadas pelo governador Carlos Moisés com o propósito de trazer mais segurança e conforto para as escolas e para as vítimas dessa tragédia. Nossa missão é trabalhar para que o que ocorreu aqui em Saudades nunca mais ocorra, em nenhum outro lugar”, frisa Késia, ao ressaltar ações como a contratação de psicólogos e assistentes sociais para prestar apoio psicológico no município e de vigilantes para reforçar a segurança em todas as escolas da rede estadual de ensino.

Em seu discurso, a ministra Damares relatou os diferentes tipos de violência às quais crianças, mulheres e adolescentes de todo o Brasil são submetidas diariamente e afirmou que o Governo Federal vem reforçando as estratégias de enfrentamento, com um grupo de trabalho envolvendo pelo menos seis ministérios de Estado. “Viemos aqui trazer o nosso abraço e dizer que vocês não estão sozinhos. Vamos replicar em Saudades, os programas de proteção que vão ajudar a combater todo o tipo de violência. Vamos juntos, cuidar das crianças do Brasil”, desabafa Damares Alves.

A ministra conclamou autoridades e comunidade para que o município possa superar a tragédia ajudando o Brasil a fortalecer o trabalho de proteção e combate à violência contra as crianças.

O secretário Nacional dos Direitos das Crianças e Adolescentes, Maurício José Silva Cunha, destacou a importância dos conselhos e conselheiros tutelares e pediu apoio ao trabalho desenvolvido nos municípios. “Eles são disseminadores das boas práticas para o convívio familiar e ponte fundamental para a conscientização e o acesso às políticas de proteção”, aponta.

A comitiva que esteve em Saudades nesta sexta-feira foi composta ainda pelo secretário de Estado de Articulação Nacional, Lucas Esmeraldino, e o secretário adjunto de Estado do Desenvolvimento Social, Daniel Netto Cândido.