Morador de rua da entrada em Hospital e seus cães ficam esperando na porta

Quatro cães ficaram de plantão na porta do Hospital Regional Alto Vale, em Rio do Sul, no Vale do Itajaí, depois que o dono deles, um morador de rua, precisou de atendimento. O caso ocorreu na madrugada de segunda-feira (10), depois que Cézar Gonçalves procurou a unidade porque estava com dores abdominais.

O paciente, que é catador de materiais recicláveis, foi atendido, medicado e liberado em uma hora e os cachorros o aguardaram nesse período. Funcionários do hospital registraram o momento e compartilharam nas redes sociais. A foto dos cachorrinhos esperando o dono na porta do pronto-socorro tem quase 100 mil curtidas nas redes sociais.

Lúcrecia Vendrami, uma das enfermeiras no plantão daquela madrugada, registrou o momento em que os cães ficaram na porta do hospital. “Eu nunca tinha visto, com tantos animais juntos. Eram quatro cachorros e a gente vê normalmente cachorrinhos por aqui, mas nada que a gente consiga ver que é de alguém, ou que veio com alguém daquela maneira”, disse.

Companheiros

Cézar está sempre acompanhado dos animais Bebê, Nick, Menina e Tico. O primeiro foi adotado há cinco anos. Depois, os outros três se juntaram. “Eu saio lá para as 4h, que é um pouco mais fresco, eu saio para catar reciclagem e eles vão junto. Aonde eu vou eles vão junto comigo”, disse Cézar.

Ele alimenta os bichinhos dividindo as refeições que recebe durante o dia. E também ganha pacotes de ração dos moradores da cidade.

Ele conta que não imaginava a repercussão do registro da cena na unidade hospitalar. Para ele, é normal receber o carinho dos animais de estimação e nem se imagina longe deles. “Sem os bichinhos, eu não sou nada”, declarou.