Morre homem que levou choque em Camboriú

O carpinteiro que havia levado um choque e caído sobre as grades da cerca de casa no início do ano, em Camboriú, morreu após sofrer uma parada cardíaca na noite de quarta-feira.

Fábio Dyck, de 43 anos, tinha deixado o hospital Ruth Cardoso na semana passada, onde esteve internado e passou por cirurgias nas mãos e nos pés. Ele ainda tava se recuperando e fazia hemodiálise.

O corpo de Fábio foi levado pra Rio do Sul, onde tinha pai e irmãos. Após o velório na cidade, ele foi sepultado na tarde de ontem, no cemitério municipal de Rio do Sul. Ele deixa esposa e quatro filhos.

Fábio sofreu um grave acidente no primeiro dia do ano, no bairro Conde Vila Verde. Ele tava em cima da casa e acabou encostando na rede de alta tensão.

Após levar o choque, ele caiu nas grades da cerca da própria casa e ficou preso nas barras de ferro. Os bombeiros tiveram que cortar a cerca pra salvar o homem, que foi levado pro Ruth Cardoso, onde ficou na UTI até o dia 14.

Comente Abaixo