Motorista de ônibus é demitido por não levar cadeirante em Itajaí

Um motorista da Transpiedade, empresa do transporte público de Itajaí, foi demitido por justa causa após se recusar a transportar uma cadeirante que estava no ponto de ônibus na quinta-feira. A cena foi gravada por uma pessoa que estava próxima. Ele alegou que o elevador não estava funcionando.

José Marcos Paulo tinha dois anos de empresa. A Transpiedade disse que o motorista teria abalado a imagem da empresa.

No vídeo, a cadeirante conta que sempre passa por situações assim. Pra conseguir chegar ao destino, ela sempre tem que sair de casa muito antes porque não consegue ônibus na primeira tentativa. Ela precisa esperar pelo segundo ou terceiro carro. “Quando estou sozinha no ponto não param. E quando param, sempre tem algum problema no elevador”, desabafa.

O Procon de Itajaí informou ao DIARINHO que a Transpiedade seria notificada e fiscalizada nesta segunda-feira para apurar possíveis irregularidades. O órgão também ressalta que as pessoas precisam procurar o Procon pra formalizar a reclamação.

Já a Transpiedade informou que 100 % da frota de ônibus possui elevador para cadeirantes, que passam por manutenção e os motoristas são orientados a operar e  auxiliar todos os passageiros que precisam utilizar o equipamento.

No caso registrado na quinta-feira, o motorista disse pra empresa que o equipamento apresentou um problema mecânico, e por isso, optou em não usar o elevador naquele momento. O veículo passou por verificação e não foi constatado qualquer defeito no elevador.

A passageira que aparece no vídeo é usuária do transporte. Dez minutos após a passagem do primeiro ônibus, ela recebeu o atendimento do terceiro veículo que passou. O segundo veículo não foi acionado, pois neste momento a passageira estava gravando um vídeo no ponto de parada.

A empresa informa ainda que o colaborador não teve a conduta de acordo com os padrões exigidos pela Transpiedade.

Referente ao Procon, a Transpiedade Itajaí não recebeu nenhuma comunicação oficial até o momento em que conversou com a reportagem do DIARINHO. No período da manhã, alguns técnicos estiveram no Terminal da Fazenda, avaliaram os elevadores de alguns veículos e todos estavam funcionando normalmente.

Por Diarinho

Comente Abaixo