Mulher é encontrada morta pelos filhos em Itajaí

Adriana Araujo Olanda, 43 anos, foi encontrada morta dentro de casa, na rua Rio do Sul, no bairro São Judas, em Itajaí, no finalzinho da noite de domingo.

A mulher teria sido vítima de feminicídio. Ela foi encontrada, com marcas de violência, por volta das 23h45. O autor do assassinato teria sido o marido.

A mãe foi encontrada morta pelos filhos de 18 e 21 anos. Segundo a polícia Militar, o marido estava na cama, ao lado do corpo, com forte cheiro de urina e completamente desnorteado. Ele falava coisas sem sentido.

O filho, de 21 anos, contou à PM que a irmã de 18 anos o chamou porque estava preocupada: os pais não tinham saído do quarto durante todo o domingo.

O irmão mais velho chamou pela mãe, que não respondeu. Ele chamou o pai, que respondeu de forma “arrastada”, alegando que não conseguia abrir a porta. O rapaz forçou a porta, até conseguir abrir, e encontrou a mãe caída no chão, com sangue no rosto. O corpo dela já estava gelado e bastante roxo.

Os dois irmãos limparam o sangue, viraram o corpo e tentaram fazer massagem cardíaca na mãe, mas ela já estava morta. Eles chamaram os vizinhos e depois a PM.

O pai, que estava desnorteado, foi levado ao hospital Marieta pelo Samu. Ele ficou sob a escolta da PM. A suspeita é de feminicídio. O caso será investigado pela delegacia de Proteção à Mulher e ao Adolescente.

Até o dia 31 de julho, Santa Catarina registrou 22 feminicídios. Foram nove crimes a menos que o mesmo período do ano passado.

Por Diarinho