Mulher que matou grávida e arrancou o bebê da barriga é condenada a 56 anos de prisão

Rozalba Maria Grime é condenada a 56 anos e 10 meses de reclusão em regime inicial fechado, mais 8 meses de detenção.

Ela foi condenada pelos crimes de homicídio qualificado, tentativa de homicídio contra a bebê e mais quatro crimes conexos, ocultação de cadáver, fraude processual, subtração de menor e parto suposto, conforme Ministério Público de Santa Catarina (MPSC)

O julgamento ocorreu na Câmara de Vereadores de Tijucas, em Santa Catarina, e durou cerca de 15 horas. A ré pode recorrer da decisão em liberdade, pois a pena é superior aos 15 anos.

Em depoimento no julgamento, conforme o MPSC, ela relatou como planejou o crime e admitiu ter estudado como faria para tirar a criança da gestação do ventre da mãe. O caso ocorreu em 27 de agosto do ano passado e, desde então, a ré permanecia presa.

XV Curitiba