Mulheres ficam atoladas em trecho do alargamento em Balneário Camboriú

Nesta terça-feira (26), duas mulheres afundaram e ficaram presas na areia da Praia Central em um trecho não concluído da obra de alargamento, as duas precisaram ser resgatadas por um salva-vidas.

Logo após o acidente, um trator da empresa que trabalha no local precisou rebocar o quadriciclo dos bombeiros que também ficou atolado.

Em nota, a Prefeitura de Balneário Camboriú comunicou que a Praia Central não está liberada ao público no trecho que vai da Rua 4000 até o Pontal Norte, onde a obra de recuperação se encontra em seu término.

Episódios de atolamento na areia podem ocorrer pelo fato da estabilização do solo ainda estar sendo feita nesse trecho interditado de Praia. O trecho interditado está demarcado e sinalizado.

Equipe de segurança do consórcio que executa a obra, efetivo do Corpo de Bombeiros e fiscalização da prefeitura monitoram para evitar as pessoas de entrarem na área interditada, mas só com a compreensão e a atenção da população e dos visitantes a este aviso se evitará que acidentes desse tipo e de outros ocorram.