Nilson Probst falou que as câmeras de segurança foram todas instaladas. E foram mesmo?

Na sessão da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú nesta quarta (19), o vereador Nilson Probst usou a tribuna para desferir críticas ao Secretário de Segurança, Gabriel Castanheira.
Em sua fala, Nilson alegou ser mentira as informações repassadas por Castanheira de que a grande maioria das câmeras de segurança da central de monitoramento, não funcionam e algumas sequer foram instaladas, conforme matéria publicada no Visse? >>Maioria das câmeras de segurança de Balneário Camboriú não funciona

Ainda durante seu discurso emplumado e cheio de ataques, Nilson mostrou um relatório que teria sido apresentado pela empresa licitada para o serviço, onde diria que todas as câmeras estariam instaladas conforme manda o contrato.
Acontece que, o assunto das câmeras em Balneário já deu muito o que falar. Inclusive com suspeitas de fraudes e superfaturamentos na compra deste material conforme publicado no jornal Página 3 em 2014. Aqui: Suspeita de nova fraude milionária na prefeitura de Balneário Camboriú

Pois bem. O vereador afirmou diversas vezes que todas as câmeras foram instaladas. E se algumas não estão funcionando é porque não foi licitado a empresa para fazer a manutenção destes equipamentos.
O Visse?, sabendo que tudo isso é mentira, foi atrás e fez alguns registros fotográficos da situação. Em breve volta, SOMENTE NO BAIRRO DA BARRA, foi encontrado diversas delas.
Somente UMA instalada corretamente, a que fica em frente á passarela. Do outro lado da rua.
Fora isso, TODAS sequer estão instaladas. Apenas colocadas no lugar, sem nenhum tipo de ligação elétrica ou de sinal. Em alguns casos, só tem o poste. Nem câmera tem.

A não ser que as câmeras sejam com tecnologia Wi-fi e alimentadas por energia solar, tudo o que o nobre vereador disse na noite de ontem é uma grande mentira.
Mas mesmo assim, deixaremos o espaço em aberto. Para que, se alguém tiver algum argumento, o faça.
Principalmente ao Vereador Nilson Frederico Probst, que acusou o secretário Gabriel Castanheira de mentiroso.

Segue os registros feitos pelo Visse?.
Lembrando que, isso é SOMENTE NO BAIRRO DA BARRA. Mas é provável que o problema se estende por outros locais.