Noiado agride fiscal da prefeitura de 70 anos, por um cigarro e 1 real

Nesta sexta-feira, 14, por volta das 12h40, a Polícia Militar foi acionada via Central Regional de Emergências – 190, para deslocar ao Hospital Ruth Cardoso com o propósito de registrar inicialmente ocorrência de lesão corporal grave dolosa ocorrida na quinta-feira, 13, por volta das 19h20, na Rua Julieta Lins, bairro Pioneiros, Balneário Camboriú.

A vítima, homem, 70 anos, que trabalha como fiscal de posturas na prefeitura de Balneário Camboriú, havia saído de sua residência na noite do dia 13, quando um homem de 36 anos, aproximou-se e lhe pediu um cigarro.

Em seguida, o nóia pediu dinheiro. Quando o idoso respondeu que não possuía, foi agredida fisicamente com um soco e lançada ao chão. O bandido lhe roubou uma moeda de um real que estava em seu bolso e evadiu-se do local. A vítima foi encaminhada ao hospital com fratura no quadril.

Através de uma foto na internet, o malaco foi reconhecido pela vítima, a qual imediatamente acionou a Polícia Militar a fim de registrar o boletim de ocorrência e proceder com a localização do autor.

Diante das características repassadas, o agressor foi localizado, abordado e encaminhado para a delegacia para os procedimentos cabíveis.

O idoso segue internado no Hospital Ruth Cardoso e seu estado de saúde é estável.

Comente Abaixo