Novo modelo de identidade deve ser emitido em Santa Catarina em outubro

Santa Catarina deve começar a emitir o novo modelo de carteira de identidade em outubro. A emissão é feita pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) e vale para quem quer emitir a segunda via do documento ou tirar pela primeira vez.

Conforme o IGP, até esta terça-feira (27), não havia uma data precisa para o início da confecção, mas será no mês de outubro. O estado não havia implantado o novo documento por depender de atualização do sistema de cadastro e por detalhes da regulamentação.

“Nós estamos agora na fase de testes de emissão com o novo sistema. Como a gráfica é centralizada, a previsão é que todo o estado comece a oferecer o serviço ao mesmo tempo”, diz o diretor do Instituto de Identificação Civil e Criminal Fernando Luiz de Souza.

O novo modelo do documento foi aprovado em 2018 e determina um padrão nacional. No entanto, segundo o IGP, por decreto foi determinado que o documento tem que ser verde, mas não foi definido o tom.

“Há verde claro, verde escuro, o decreto não padroniza a cor. Cada estado tem diferentes fornecedores que passam por licitação. Já temos definido o nosso e o papel está sendo produzido com os itens de segurança”, explica Souza.

Além de novo layout, a carteira permite que mais dados sejam incluídos, como nome social, deficiência, tipo de sangue. Outros documentos, como números do PIS-Pasep, carteira de motorista, CPF, Cadastro Nacional de Saúde, carteira de trabalho, identidade profissional, também podem ser englobados na identidade.

Oito estados já emitem esse o novo modelo baseado nesta regulamentação. Conforme Souza, a demora em Santa Catarina se deu pelas mudanças no sistema. A nova carteira deve ser disponibilizada para todo o país até março de 2020. A carteira de identidade continuará valendo.