Operação conjunta da Polícia Civil e da PM prende três suspeitos de roubos a banco

Na manhã desta terça-feira (19), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Itajaí, em ação conjunta com a Polícia Militar, desencadeou uma operação para o cumprimento de 3 mandados de prisão preventiva e 8 mandados de busca e apreensão nos municípios de Itajaí e São Francisco do Sul.

A operação é resultado de uma investigação sobre associação criminosa responsável pelo cometimento de roubos a instituições bancárias. Os presos são suspeitos do cometimento de um roubo a agência do banco Sicredi, no bairro São Vicente, em outubro de 2021 e a uma agência do banco Viacredi, no bairro Itaipava, em fevereiro deste ano.

Em ambos os roubos os suspeitos se utilizavam do mesmo modus operandi: 3 indivíduos, portando pistolas e armas longas, atacavam as agências no começo do horário do expediente bancário, destruindo o vidro com marreta e subtraindo valores, além de arma de fogo e colete balístico dos vigilantes. Nos dois roubos foi levado um montante de aproximadamente 230 mil reais.

Nesta terça-feira foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido contra 3 suspeitos, bem como apreendido:

2 fuzis calibre 5,56 Taurus com 7 carregadores
1 pistola Glock calibre 9mm com 3 carregadores
1 pistola Taurus 92 calibre 9mm
1 carabina CTT .40 com 5 carregadores
1 kit Rone
1 espingarda de pressão
3 coletes com placa balística
1 Rádio HT
1 algema
10 munições calibre 5,56
1 máquina de choque
Equipamentos táticos, dinheiro e celulares.

Segundo apurado, esse mesmo grupo se preparava para deflagrar outro roubo nos mesmos moldes nas próximas semanas em uma cidade vizinha. Os presos foram encaminhados ao sistema penitenciário, onde permanecem à disposição da Justiça. As investigações prosseguem para a identificação de outros envolvidos.

Houve o apoio do NOC, SIC e DPCAMI de Itajaí, DPCo de Barra Velha, DPCo de Araquari e a Inteligência do Exército Brasileiro.

Publicidade