Paciente em surto agride funcionário e quebra balcão na UPA do Cordeiros

Por volta de 18h50, na troca de plantão da UPA dos Cordeiros, em Itajaí, um paciente em estado de surto saiu do quarto de isolamento onde estava e foi em direção ao balcão onde se encontravam funcionárias da unidade. Ele e arrancou parte do balcão de atendimento, puxando para o chão fios e computadores.

Um técnico de enfermagem, vendo a situação, correu para proteger as colegas de trabalho na tentativa de conter o homem. Ao se aproximar, foi agredido violentamente com uma cabeçada. Ao cair no chão, o servidor foi atingido na cabeça com uma parte do balcão, após o paciente em surto jogar o móvel em cima do profissional de saúde.

Outros funcionários tentaram conter o homem, mas também foram agredidos. Ele foi imobilizado pelos agentes de enfermagem e um médico da unidade ministrou um sedativo.

O técnico de enfermagem foi atendido na própria unidade com lesão no nariz e na cabeça. Ele recebeu pelo menos 15 pontos em um extenso corte na cabeça, foi medicado e permaneceu em observação. O funcionário passa bem e já está em casa.

O paciente em surto foi sedado e novamente encaminhado para o local em isolamento dentro da UPA, onde permaneceu dormindo sob efeito da medicação.

MAIS SEGURANÇA

Em conversa com o servidor, o mesmo informou que existe um guarda patrimonial no local, mas o mesmo não seria treinado e nem tem a função de agir nesse tipo de situação.

Na opinião dele, o poder público deveria manter pelo menos um agente da guarda armada por turno para evitar esse tipo de situação e clama por mudanças que garanta a segurança dos servidores.

“Hoje foi eu, que sou grande. Mas poderia ser uma pessoa menor ou mais fraca. Estou bem, mas a situação poderia ter sido muito pior.” declarou o servidor.