Pai acha par de chuteiras no lixo e muda a história do filho que jogará futebol no Orlando City

Neste domingo (17), o Esporte Espetacular mostrou a reportagem sobre Ivanildo, o menino que ganhou uma bolsa para jogar no Orlando City e estudar nos EUA. O pai, que é catador de lixo, mudou a história do filho quando encontrou uma par de chuteiras no lixo e deu de presente ao menino.

Atuando em uma escolinha para jovens carentes e que possuía uma parceria com o clube americano, o atleta de 15 ano se destacou entre centenas. É mais uma confirmação de que o esporte tem o poder de transformar vidas.

Os primeiros dribles de Ivanildo Jesus das Neves no futebol, aos 6 anos, despertaram nele um sonho além da profissionalização no esporte: livrar a família da pobreza. Hoje, aos 15, o adolescente, estudante de escola pública, divide um barraco no Núcleo Bandeirante com os pais, duas irmãs e um tio. A moradia, erguida com madeirite encontrada no lixo e coberta por lona, carece de rede de esgoto. O acesso à água potável ocorre somente por doação de funcionários de um motel ao lado.

Entretanto, graças ao projeto Juventude em Foco, fruto de parceria do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) com instituições de apoio, o que parecia ser sonho distante para Ivanildo começa a se realizar. A iniciativa oferece a ele – e a outras centenas de crianças e adolescentes – a oportunidade de treinar futebol.

Assim, o garoto chamou atenção do Orlando City, clube da Major League Soccer (MLS), divisão de elite do futebol nos Estados Unidos. Em consequência, recebeu convite para jogar nas categorias de base do time, com estadia, alimentação e estudo bancados pela franquia da Flórida, inicialmente, por um ano. Ele aceitou a mudança e está partindo ainda este mês.

Confira a reportagem do Globo Esporte