Pai e filho matam comerciante espancado por conta de bar

O dono de um bar na rua 2950, no centro de Balneário Camboriú, foi espancado até a morte no sábado, dia 03.. O motivo da covardia foi porque pai e filho, clientes do bar, discordaram do valor da conta, discutiram e espancaram a vítima.

Venicio Pereira, 52 anos, foi morto por volta das 18h15. Pai e filho não gostaram da conta apresentada e agrediram o comerciante.

Outro cliente do bar e a esposa de Venicio tentaram tirar os agressores de cima dele, mas não conseguiram. Andréia Aparecida Camilo ainda levou um soco no rosto, ao tentar ajudar o marido.

Venicio foi espancado com socos e chutes. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

A polícia Militar já sabe quem são os agressores, fez buscas aos acusados, mas eles ainda não foram localizados.

Comente Abaixo