Pássaros apreendidos pela FAMAI são devolvidos para natureza em Itajaí

Oito pássaros apreendidos pela Fundação do Meio Ambiente de Itajaí (FAMAI) foram devolvidos para a natureza. Ao todo, a Fundação, com o apoio da Polícia Militar, apreendeu dez aves, mas dois não puderam retornar para o seu habitat natural e deverão ser encaminhados para um guardião responsável pelos cuidados dos animais.

A apreensão aconteceu no bairro Fazenda e se encaixa em Crime Ambiental contra a Fauna. Após passar por procedimentos veterinários, os pássaros foram soltos na natureza. Dois dele – um híbrido e um que ficou muito tempo no cativeiro – não puderam ser soltos e terão que ser encaminhados para famílias protetoras.

Todo cidadão com interesse em cuidar de animais apreendidos em situação de irregularidade pode se cadastrar na FAMAI. O guardião assina um documento de responsabilidade e deve cuidar dos animais, suprindo todas as suas necessidades de saúde, alimentação e bem estar.

A apreensão destes pássaros está regulamentada na Lei 9.605/98 art. 29, que estabelece como crime “matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida”.

A Diretoria de Defesa Animal da FAMAI esclarece, ainda, que a pessoa que deseja criar pássaros precisa comprar de criador autorizado pelo IBAMA, com anilha e documento expedido por este órgão.

ASCOM Prefeitura de Itajaí