Peninha anuncia pré-candidatura ao Senado, com condições

O deputado Rogério Peninha Mendonça, do MDB, publicou neste sábado (04) um texto intitulado como “Nota aos Catarinenses”, onde anuncia sua pré-candidatura ao Senado Federal nas eleições desde ano. A disposição no entanto tem condicionantes.

Na nota, Peninha fala da sua trajetória política e diz que sua vontade de disputar ao Senado tem como base as pautas conservadoras do Presidente Jair Bolsonaro (PL), seu amigo pessoal. O anúncio ainda põe o presidente em maus lençóis com Jorginho Melo, também do PL, que está a todo vapor em sua candidatura ao governo do Estado, afinal, o MDB catarinense já está no colo de Moisés.

Segundo Peninha, a única situação que o faria desistir do pleito é a vontade do seu colega de partido, Antídio Lunelli, também desejar a cadeira estofada em Brasília. Antídio tem travado uma guerra no MDB após ter largado a prefeitura de Jaraguá do Sul para se candidatar ao Governo do Estado e o partido dar as costas para ele, num profundo interesse nas benesses oferecidas por Carlos Moisés. Essa “condicionante” me cheira um anestésico para acalmar Antídio.

Peninha falar de “pautas conservadoras capitaneadas pelo Presidente Jair Bolsonaro”, estando no MDB, até parece piada. Logo o MDB que, desde a morte de Tancredo, participou de todos os governos eleitos no Brasil. Mas tem quem acredite.

O que Peninha não deixou claro é para qual lado ele penderá na corrida ao Palácio d’Agronômica. É bem provável que, como bom emedebista, vá apoiar o lado que for mais vantajoso em seu projeto pessoal.

Confira a nota.

NOTA AOS CATARINENSES

Amigas e amigos, diante das últimas notícias envolvendo a sigla que integro, o MDB, anuncio que disputarei a convenção partidária para ser candidato a Senador.

Após oito eleições disputadas, e tendo vencido todas, chegou o momento de pôr minha experiência à disposição de nosso Estado no Senado Federal.

A motivação é coletiva, fruto de insistentes apelos feitos por lideranças políticas, correligionários e simpatizantes das causas que tenho defendido com bravura no Congresso Nacional.

Declaro antecipadamente e de forma muito clara que este será um projeto alinhado às pautas conservadoras capitaneadas pelo Presidente Jair Bolsonaro.

Trata-se de uma candidatura com base na defesa de alicerces que considero primordiais: liberdade econômica, patriotismo, respeito aos valores da família e fé em Deus.

Pondero, contudo, que a única condição para abrir mão deste projeto é em favor de Antídio Lunelli, caso almeje ser ele mesmo, e só ele, o candidato a Senador pelo MDB.

Faço a menção em respeito à luta que Antídio travou nos últimos meses, tendo renunciado ao comando da prefeitura de uma das mais importantes cidades de Santa Catarina em prol do nosso partido.

Inicio hoje mesmo uma agenda e contatos com lideranças de toda Santa Catarina para construir, ombreado àqueles que têm os mesmos valores que eu, um Estado ainda mais próspero e pujante.

Brasil acima de tudo, Deus acima de todos.

Vamos à luta!

Rogério Peninha Mendonça
Deputado Federal (MDB/SC)


Peninha anuncia pré-candidatura ao Senado, com condições
Poucas e Boas – Por Gian Del Sent

Publicidade