Piloto desaparecido há quase 40 dias é encontrado na mata

Toninho Sena foi encontrado muito debilitado por castanheiros e levado a uma aldeia indígena – Foto: Divulgação ND

Quase 40 dias depois de desaparecer durante um vôo entre os municípios de Alenquer e Almeirim, no Pará, o piloto Antônio Sena, conhecido como “Toninho Sena”, foi encontrado por trabalhadores rurais na tarde de sexta-feira (5) na divisa entre Pará e Amapá.

O monomotor teria decolado no dia 28 de janeiro do município de Alenquer, no Oeste do Pará, com destino ao garimpo Califórnia. Ele levava insumos para um garimpo local. Estava sozinho no avião. Equipes de busca já tinham percorrido a região, inclusive, com uso de helicópteros, mas sem sucesso.

Avião teria desaparecido na região no dia 28 de janeiro – Foto: GRM/Divulgação

A Força Aérea Brasileira (FAB) suspendeu as buscas pelo piloto, mas a família nunca desistiu e, inclusive, pediu ajuda do Grupo de Resgate em Montanha (GRM) de Joinville, que mandou oito pessoas ao Pará.

Mas depois de tanta espera e agonia, a família finalmente teve boas notícias. O piloto foi encontrado por um grupo de castanheiros. Estava muito magro e debilitado e foi levado até uma aldeia indígena.

O governador do Pará, Hélder Barbalho, informou que uma aeronave do Grupamento Aéreo de Segurança Púbica do Pará fará o resgate do piloto Antônio Sena.

Toninho é natural de Santarém do Pará e agora segue para reencontrar a família – Foto: Divulgação ND
Toninho é natural de Santarém do Pará e agora segue para reencontrar a família – Foto: Divulgação ND

Toninho é natural de Santarém do Pará e agora segue para reencontrar a família. Não há informações, ainda, sobre a aeronave.