Planalto retifica portaria de exoneração de Valeixo, sem assinatura de Moro

Após o ex-juiz federal, Sergio Moro, afirmar em coletiva que não havia assinado a portaria de exoneração de Maurício Valeixo e o PGR pedir mais informações sobre as declarações de Moro sobre uma possível falsificação de sua assinatura, o Palácio do Planalto republicou portaria com uma errata.

A edição extra do Diário Oficial da União desta sexta-feira, dia 24, traz a portaria de exoneração do agora, ex ministro da justiça Sergio Moro e a errata da portaria de exoneração de Maurício Valeixo.

Na edição 78 do Diário Oficial de hoje, dia 24, o jornal trazia a portaria com o seguinte texto.

Após toda a repercussão que deu a fala do ex-ministro na mídia nacional e com a “enquadrada” da PGR, o Planalto publicou a edição 78-A, com uma errata da portaria que exonerava o ex diretor geral da Polícia Federal. O decreto vem assinado por Walter Braga Neto e Jorge de Oliveira, além do Presidente Jair Bolsonaro.

Em resumo, a fala do ex-ministro é verdadeira. E ele, de fato, não assinou a portaria de exoneração de Valeixo. A mesma edição extra, também traz a portaria de exoneração do ex-juiz Sérgio Moro.

Comente Abaixo