Poucas de Boas – Parem de mentir para a população

Estão fazendo carnaval com o projeto proposto pelo vereador Marcelo Achutti (MDB) para reduzir o salário dos vereadores, prefeito, vice e secretários, em 50%, por 120 dias, para “supostamente” direcionar esse dinheiro para a saúde de BC.

A verdade é que o projeto não foi votado. Simples.

De maneira criminosa, mentindo descaradamente e usando da ignorância da população sobre o assunto, alguns boca alugada, página de Facebook e oposicionistas, têm publicado que os vereadores votaram contra o projeto.

Até mesmo um jornal local, de um experiente e inteligente jornalista, foi no embalo dessa papagaiada. Logo o jornalista que sabe ler e interpretar projetos, pareceres, processos e editais. Que luta pela legalidade e pelas coisas corretas. Ele que prega a extirpação dos tiranos, mentirosos e aproveitadores do poder, parece que não se deu ao trabalho de ver a tramitação do projeto no site da Câmara e ler os pareceres. Ou leu e publicou a mentira mesmo assim.

Repito, o projeto sequer foi votado!
O que foi votado foi o parecer pela rejeição do projeto, relatado pela Comissão de Justiça e Redação da Casa Legislativa, que o próprio Marcelo Achutti faz parte. Parecer este que acompanhou o entendimento do corpo jurídico da Câmara. O parecer contrario da CJR foi aprovado por 12 dos 17 vereadores que votaram.

Aqui neste link está bem claro sobre a votação do Parecer da CJR
https://www.balneariocamboriu.sc.leg.br/softcam/votacao_print_pdf.php?votacao=45010

O que também omitem, de maneira criminosa para enganar a população, é que o jurídico da Câmara também rejeitou o projeto por vício de iniciativa em todos os seus objetivos. O projeto é inconstitucional, pois não cabe ao vereador propor esse tipo de projeto. A iniciativa é exclusiva da Mesa Diretora. 

Sem contar que o projeto deveria passar também pela Comissão de Finanças e Orçamento, o que não aconteceu.

O parecer da procuradoria foi elaborado e assinado por procurador efetivo da casa, endossado pelos demais.

Veja o parecer completo no fim do texto.

Respeito tanto o vereador Marcelo, o jornalista que citei acima, e os demais que estão propagando essa mentirada. Mas sério, se querem doar o salário nada os impede. Peguem 50%, aproveitem e peguem dos assessores também, comprem insumos para a saúde e doem, oras.

Respeito, publico e ajudo a divulgar vários projetos, mas não venham com mentira e essa papagaiada. Se acham que a Câmara deveria aprovar um projeto inconstitucional, simplesmente porque vocês querem cutucar a situação governista, arquem com as indenizações que isso poderia causar judicialmente. Tem tanta coisa para incomodar o governo e vocês vem com essa papinho furado? Por favor né?


Poucas de Boas – Parem de mentir para a população
Por Gian Del Sent

Clique para acessar o 2104011535464BE68.pdf