Poucas e Boas I – Coluna Ácido Úrico

Fritura 

Começou oficialmente o processo de fritura da secretária do Meio Ambiente, Maria Heloísa Furtado Lenzi. Na verdade começou bem antes, através de simpatizantes do ex-secretário Ike Gevaerd.

A mando de quem ou através de quem essa fritada esta sendo orquestrada, não sei. Mas tenho os meus palpites. O mais engraçado é essa frigideira começar a fritar pra valer logo depois da prefeitura entregar ao IMA, todos os documentos exigidos pela LAP do alargamento da faixa de areia. Com tudo entregue, agora que é só esperar a análise e correr para o abraço, e já pode chutar?

Fogo inimigo, fogo inimigo ou fogo “mui” amigo? Veremos as cenas dos próximos capítulos. Mas o tal do fogo amigo já é fato corriqueiro no governo das Novas Ideias.

Pega na mentira

Foi publicado em um blog da região que a deputada Paulinha teria angariado uma verba de 700 mil reales mensais para o Ruth Cardoso e não teria tido manifestação positiva do município.

A informação foi rapidamente desmentida pela secretária de saúde, embora o comunicado oficial da prefeitura tenha saído mais de um dia depois da nota ter sido veiculada. Nesse tempo, o assunto rodou e virou até pauta de vereador da oposição. Enquanto isso, os “soldados que não vão para a guerra” comissionados do governo, assistiam de bico calado. Como sempre.

Ao final da fatídica nota, o escrito manda chamar um “resolve tudo” do governo, que na prática e pelas informações que recebo, é quem tem feito as “cacas” e dado pauta de reclamações do próprio autor. Crendeuspai!

Porta fechada  

O termo “porta fechada” com relação ao Hospital Ruth Cardoso tem sido usado irresponsavelmente por quem quer ver apenas o circo pegar fogo. E pior, tem morador de Balneário já achando ruim a medida, caindo na conversa.

Limitar o atendimento do Ruth Cardoso vai beneficiar unicamente a população de Balneário. Quem sabe assim, a fila de cirurgias eletivas do município comece a andar. Afinal, o centro cirúrgico fica maior parte do tempo ocupada por emergências de tudo quanto é cidade e que entra pelo PS.

Na semana passada, um áudio do ex-prefeito criticando a medida circulou nas redes sociais, onde ele se orgulhava em ter aberto um hospital para toda a região. Claro, o dinheiro que banca os R$60 milhões por ano não é dele. Fica fácil criticar.

Melhor ainda foi que, enquanto o áudio circulava pelos grupos, o Ruth Cardoso noticiou que estava operando em sua capacidade máxima. Dos 1660 atendimentos do PA e do Hospital, durante todo o feriadão, 488 foram de cidades vizinhas como Camboriú, Itapema, Itajaí, Porto Belo, etc. (Não inclui turistas na conta). Isso sem contar quem é de fora e passa o “migué” dizendo que é de Balneário.

————-

Só para entenderem como vai funcionar, a coluna “Ácido Úrico” continua igual. Mas com algumas “Poucas e Boas” entre uma coluna e outra. Basicamente comentários rápidos sobre assuntos longos. Para dar mais emoção. 

Comente Abaixo