Poucas e Boas XV – Coluna Ácido Úrico

Grande dia! 

Foi com essa frase que finalizei a semana passada após tomar ciência de algumas articulações políticas que aconteceram nos últimos dias. Eu não sei se é burrice ou falta de vergonha na cara. Mas é, no mínimo, engraçado.

Nomeações

Através das exonerações que aconteceram na primeira quinzena, soubemos quem vai sair candidato a alguma coisa. Agora com as nomeações, sabemos quem está colocando “os seus” na prefeitura com o apoio do governo municipal.

Nomeações II

Teve até parente de diretor que foi colocado pra fora da prefeitura. O diz que me disse acusou o servidor de ilegalidades, mesmo sabendo que era falatório, colocaram o cara para a rua e nunca mais voltou. Essa semana teve “um dos seus” nomeado no governo.

Virou?

Uma das nomeações que me chamou atenção, foi a de um assessor do vereador Elizeu Pereira do MDB. O cara foi exonerado na câmara, onde era nomeado no gabinete do vereador da oposição e nomeado na prefeitura no dia seguinte. Será que Elizeu roeu a corda do MDB e se converteu as novas ideias?

3500 votos

Tem pré que ta cantando aos quatro cantos que vai ser a mais votada neste ano. Disse que tem tranquilamente 3500 votos. Humildade ou autoconfiança? Nem mesmo o atual prefeito, conhecido na cidade inteira, sendo o vereador mais votado da história de BC, conseguiu essa façanha. Será que a moça vai conseguir mesmo? Dia 15 de novembro, lá pelas 20 horas, a gente vê.

Articulação 

Quem abraçou a reeleição do vereador Gelson Rodrigues, foi o ex-candidato a vereador pela região sul e ex-presidente da Associação de Moradores do São Judas, Ficher. O cabo eleitoral tem voto, mas não sabemos se transfere. Existia uma conversa que Ficher apoiaria Levi da Pesca, mas parece que não rolou.

Articulação II

Outra pessoa que Gelson “trouxe para perto”, foi o dono da página “Fiscal do Povo BC”, que ultimamente não anda fiscalizando muito.  A página com pouco mais de 14 mil seguidores, cresceu metendo o pau no governo e mostrando buraco em rua. Será que Gelson quer converter os seguidores também? A página até mudou de posicionamento. Uma publicação de 20 de fevereiro aconselhava as pessoas a não reeleger vereador. E agora?

Articulação III

Uma coisa é certa, Gelson tirou o cabo eleitoral dos braços de Marcelo Achutti. Até vi ele algumas vezes no ferino da rua 700 e chegou ficar nomeado como assessor no gabinete do atual emedebista na Câmara. A política é impressionante. Vereador anda sem moral, tendo que pedir informação para a prefeitura via LAI. Mas cara, informação de rua asfaltada na cidade vizinha? Putz.

Shhiiiuu

Por falar em Achutti, vi uma live dele em seu Facebook onde ele criticava o prefeito pelo fechamento da prefeitura por 14 dias. Mas Achutti ta mal informado ou se faz de bobo, pois todo mundo sabe que é ordem do bombeiro da Casa d’Agronômica. Poxa Achutti, tanta coisa para bater no governo, tu me vem com uma dessa? Aliás, a Câmara permanece sem atendimento desde março e fechamento total desde julho. O povo também quer ser atendido. Eu até fui expulso de lá esses dias. Ajuda a reabrir, vereador. Briga com o presidente, me ajuda aí.

Amém 

Assim como Manuela Dávila e Haddad em época de campanha presidencial, é hora dos hipócritas de plantão pagar de cristãos. Pirica, que nunca foi lá mutcho ecumênico, agora resolveu pagar de beato. A zoação está grande. Quero muito saber o que a comunidade católica tem a dizer sobre isso. A opinião de Deus eu já sei. “Tirai daqui estes, e não façais da casa de meu Pai casa de venda.” João 2:16

Período Eleitoral

Camboriú me parece estar camuflando a divulgação de obras através de “alerta a motoristas”. Chega a ser engraçado. “Atenção motoristas, obra na rua tal” junto com um monte de fotos. O povo é meio bobo, mas juiz eleitoral não. Como diria o saudoso Índio, “Abre a baga”.

 

Poucas e Boas XV – Coluna Ácido Úrico – Por Gian Del Sent