Prefeitura alinha ações com supermercados para garantir a segurança da população

Para evitar o contágio, o prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, determinou novas medidas, para um prazo de sete dias, através do decreto municipal divulgado nesta quarta-feira (18). O Artigo 8 do decreto diz que: Fica limitada a quantidade de pessoas em supermercados e farmácias, sendo 1 (uma) pessoa a cada 2 m², da área comercial do estabelecimento.

Para garantir que essa medida seja cumprida, pela manhã desta quinta-feira (19) todos foram contatados para alinhamentos nesse sentido. Foi reforçado o pedido para aumentar o número de recipientes de álcool em gel, para quem frequenta esses locais, em todas as instalações dos supermercados. “Os supermercadistas garantiram que não haverá desabastecimento e pediram para que a população não entre em pânico”, disse o prefeito Fabricio Oliveira.

A prefeitura de BC também aconselha os comerciantes a adotar métodos como:

1. Rodízio de funcionários;
2. Priorizar a limpeza de carrinhos, caixas, maçanetas e banheiros;
3. Avisar nos alto-falantes que não haverá desabastecimento de produtos;
4. Na falta de álcool em gel superfícies podem ser limpas com água e sabão e papel toalha (descartável);
5. Deixar em casa funcionários gripados e dos grupos de risco, principalmente idosos;
6. Manter a distância entre funcionário e cliente;
7. Fomentar as entregas em casa (funcionário do mercado deve estar de máscara – colocando-a e não tirar mais).

Aconselha-se também:

1. Horário (atendimento ao público) só para idoso;
2. Controlar a quantidade de pessoas na entrada do mercado;
3. Demarcar as filas do caixa para que as pessoas sejam atendidas uma de cada vez.

Sem aglomeração

Para evitar aglomerações, como o caso de hipermercados da cidade como Angeloni e Fort Atacadista, as medidas tomadas por ambos os estabelecimentos são: restrição na quantidade para compra de determinados produtos – como leite e papel higiênico -, intensificação da limpeza com álcool em carrinhos de compra, corrimãos, caixas e botões nas cancelas do estacionamento, além de disponibilizar álcool para clientes e funcionários. Por ser um serviço essencial, os mercados de BC continuarão atendendo em horário normal, sem redução de funcionários e carga horária.

O Fort Atacadista adotou a medida de administrar a entrada e saída de clientes, para não haver aglomeração em local fechado. Já o Angeloni incentiva os clientes a realizar suas comprar por meio do site, com serviço de entrega nas residências da cidade.

Foto: Josiane Suelos

Comente Abaixo