Prefeitura de Camboriú está usando veículo ilegalmente em sua frota

O Portal Visse recebeu a denúncia de que um dos carros usados pela prefeitura de Camboriú estaria rodando a serviço do município ilegalmente. O veículo, de origem ainda desconhecida, na verdade é de Minas Gerais e possui diversas irregularidades.

O Fiat Strada 2014/2015, que aparece na foto destaque feita na semana passada, sem a placa traseira, na verdade é preta e está emplacada na cidade de Unaí, em Minas Gerais.

O carro foi envelopado pela prefeitura na cor branca, sem manter a cor predominante original do carro, e está identificado como de uso do Departamento de Comunicação.


Foto da frente do veículo e consulta no Sinesp Cidadão


Detalhe do envelopamento

Ilegalidades

Em consulta ao sistema do Detran de Minas Gerais, poucas informações são divulgadas em consulta pública, mas a nossa reportagem foi além e buscou mais detalhes sobre o veículo usado pela prefeitura.


Consulta no site do Detran MG

O veículo de placa PUU-6979 está em nome de uma PESSOA FÍSICA, é FINANCIADO, está com IPVA VENCIDO e está sem a placa traseira que contém o lacre do Detran de MG. O verdadeiro proprietário do veículo, identificado como A.L.M, é morador de um conjunto habitacional em um bairro humilde, ás margens da MG-188, na cidade de Unaí.

Em resumo, a prefeitura esta usando um carro que, embora esteja identificado como oficial, está em nome de uma pessoa física, o que é ilegal. O fato de estar sem a placa traseira, que é um item obrigatório, estar com IPVA vencido e ter sua cor predominante original alterada, comprova as ilegalidades perante vários artigos CTB e ao Art. 14 da Resolução 292 do CONTRAN.

Em consulta na internet, nenhuma informação sobre doação de veículo com essa característica, placa, renavam ou chassi, foi encontrado em nome da Prefeitura de Camboriú. Uma publicação de setembro de 2019 no perfil do Prefeito Elcio Kuhnen, traz a informação sobre uma possível doação da Receita Federal ao município de um ônibus e um veículo de passeio, mas sem especificar de qual se trata.

O veículo também não se encontra no banco de dados do Detran-SC, mas está no banco de dados do Detran de MG. O que comprova que nunca foi transferido.

 

O veículo continua sendo usado pela Prefeitura de Camboriú, ilegalmente, e sendo tratado como “carro oficial”, mesmo com as diversas ilegalidades e irregularidades. Imagem capturada no fim de semana, mostra o carro guardado, junto com outros veículos oficiais, na garagem dos fundos da prefeitura.

 

Comente Abaixo