Presidente da Alesc aprova criação da CPI da Ponte Hercílio Luz

O presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), Julio Garcia (PSD), aceitou no final da tarde desta terça-feira (12) a recomendação da procuradoria da Casa para instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as obras da reforma na Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis. A informação foi confirmada pela assessoria da Alesc.

Agora, o aceite do pedido para a criação da CPI precisa ser lido em plenário para que a comissão seja instalada. De acordo com a Alesc, não existe uma data para isso, mas a leitura deve ser feita em uma sessão ordinária.



Depois da instalação, será feita a publicação no Diário Oficial da assembleia e os partidos terão o prazo de duas sessões ordinárias para indicar deputados para compor a comissão.

Pedido

O pedido para a criação da CPI foi feito na quarta (6). Foram coletadas 26 assinaturas, sendo que para esse tipo de requerimento eram necessárias 14. No total, há 40 deputados estaduais na Alesc.

Em seguida, o pedido foi analisado pela procuradoria da assembleia, que recomendou que a CPI fosse instalada.

O objetivo da comissão é esclarecer os gastos com a reforma da ponte, que segundo os deputados, já passam de R$ 700 milhões, e o tempo dessa obra, considerando que a estrutura está totalmente fechada desde 1991.

A reforma tem previsão de entrega até dezembro deste ano, afirma o governo do estado, responsável pela execução do projeto.

Comente Abaixo
error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.
%d blogueiros gostam disto: