Presidente da Fundação de Esporte de SC posta foto de reunião de trabalho com arma em cima da mesa

O presidente da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Rui Godinho, publicou uma nota de esclarecimento nesta quinta-feira (20) sobre uma imagem na qual aparece em uma reunião de trabalho com uma arma sobre a mesa. A foto foi postada no dia 20 de dezembro de 2018.

Segundo Godinho, que é policial civil, no momento da foto ocorria uma reunião com a equipe de transição de governo “sem a presença de qualquer servidor da Fesporte, de questões relativas ao período de transição que se sucedeu numa época de pouquíssima movimentação de funcionários e servidores por conta de período de férias e poucas atividades”.

Ainda de acordo com o presidente, a arma estava travada e não oferecia risco às pessoas. “Todo policial civil tem a prerrogativa de porte legal de arma. No meu caso torna-se ainda mais necessário por conta de um histórico profissional exitoso, tendo auxiliado na prisão de inúmeros criminosos – muitos deles ligados à facções que atuam no estado”.

O presidente ainda fala que a situação não irá se repetir, seja no ambiente da Fesporte ou na presença de servidores da fundação. O governo de Santa Catarina disse que o posicionamento oficial é o mesmo dado por Godinho.