Preso tem mal súbito e morre no presídio de Itajaí

Foto: Thiago Toscani

Caciano da Costa Rodrigues morreu nessa segunda-feira no complexo penitenciário de Itajaí, supostamente de causas naturais. O detento era natural de Itajaí e estava na cela quando se sentiu mal.

A equipe de saúde foi acionada, fez o primeiro atendimento na unidade, mas não conseguiu reanimá-lo. O Samu foi acionado e também tentou trazer Caciano de volta à vida. Todos os procedimentos foram sem sucesso. Ele faleceu antes mesmo de poder ser levado ao hospital.

A secretaria de Administração Penal (SAP) informou que todas as medidas legais e periciais foram tomadas no caso. A morte será investigada pela polícia Civil.

Caciano tinha uma condenação por tráfico de drogas. Em 2015, a mãe dele tentou trocá-lo durante uma visita pelo irmão, que na época era menor de idade. No fim do horário de visita, os rapazes foram ao banheiro e trocaram de roupas. Caciano, sem o uniforme do presídio, passou por dois portões antes de ser identificado pelos agentes penitenciários e voltar para a cela.

Diarinho

Publicidade