Protetores voluntários de Camboriú precisam de ajuda pra manter ONG

O grupo Protetores Voluntários de Camboriú precisa de ajuda para pagar uma dívida de R$ 7 mil e continuar com as atividades da ONG que resgata animais abandonados e são vítimas de maus tratos da cidade. Devido ao gastos com a clínica veterinária, os resgates estão bloqueados e, por isso, os protetores estão precisando urgentemente arrecadar dinheiro.

De acordo com a voluntária Camila Mariani, de 31 anos, que faz parte do grupo há quatro anos, a ONG não tem sede fixa, os voluntários resgatam os peludinhos e oferecem lar temporário até que o animal consiga uma família. Atualmente são 20 animais, entre cães e gatos, nas casas dos voluntários.

“Temos voluntários que tem cinco, seis animais abrigados em casa”, comenta.
Além de dinheiro, os protetores precisão de ração, produtos de limpeza e mediação como, por exemplo, petmilk, pois uma ninhada de cachorros foi resgatada e nenhuma das mães de leite aceitou os filhotes, vermifungos para cães e gatos, Simparyc, antibióticos e antiflamatorio pós-cirúrgicos.

Se você tiver algum remédio que seu animal não use mais, ou camas, coleiras, roupinhas, areia para os gatos, toda ajuda será bem-vinda. Basta entrar em contato pelo Instagram @protetores_camboriu que dependendo da região o voluntário que estiver mais perto pode ir buscar tanto em Itajaí, Balneário Camboriú e Camboriú.

A conta para depósitos é Associação dos Protetores Voluntários de Camboriú
Sicredi
Agência: 2606
Conta corrente: 07756-2
CNPJ: 33.886.791/0001-58

Comente Abaixo