Quatro são presos em operação contra pornografia infantil em SC

Policiais civis de Santa Catarina cumpriram cinco mandados de busca e apreensão e prenderam quatro pessoas em flagrante, com idades entre 20 e 54 anos, nesta quinta-feira (28) durante a quarta fase da operação nacional “Luz na Infância”, de combate à pornografia infantil na internet. Os trabalhos foram realizados em Balneário Camboriú, Blumenau, Indaial e Navegantes, no Vale do Itajaí.

As buscas foram feitas nas cinco cidades, enquanto as prisões foram Navegantes (duas), Blumenau e Indaial, pelo crime de uso da rede mundial de computadores para propagar arquivos com pornografia infantil.

Conforme a polícia, as imagens são chocantes e chegam a envolver bebês. As ações são coordenadas pela Divisão de Repressão a Crimes na Internet (Deic/DRCI). Participaram ainda dos trabalhos três peritos do Instituto Geral de Perícias (IGP).

A operação nacional é coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública e realizada pelas polícias civis de cada estado.

Trabalhos são realizados em quatro cidades de Santa Catarina — Foto: IGP/ Divulgação Trabalhos são realizados em quatro cidades de Santa Catarina — Foto: IGP/ Divulgação

Ação nacional

A 4ª fase da Operação Luz na infância apura crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes praticados na internet.

Policiais civis cumpriram 266 mandados de busca e apreensão em 26 estados e no Distrito Federal. Operação envolve 133 cidades.

Entre os crimes identificados na operação estão o armazenamento, o compartilhamento e a produção de pornografia infantil. As penas para os crimes investigados variam de 1 a 8 anos de prisão.

Agentes do IGP participam da operação em Santa Catarina — Foto: IGP/ Divulgação

Agentes do IGP participam da operação em Santa Catarina — Foto: IGP/ Divulgação