Queda de neve é registrada em pelo menos 11 cidades gaúchas

Rio Grande do Sul teve um festival de precipitações invernais na tarde desta quarta-feira (28). Diversos municípios da Serra registraram queda de neve, e outras cidades do Estado presenciaram o fenômeno chamado chuva congelada.

Caxias do Sul, Gramado, Canela, Farroupilha, Bento Gonçalves, Carlos Barbosa, São Francisco de Paula, Bagé, Herval, Piratini e Marau são algumas das cidades em que houve registro de neve nesta quarta (em Piratini, desde a manhã), informou a Somar Meteorologia.

Ponto mais turístico do Rio Grande do Sul, Gramado recebeu a neve por volta das 16h30. A atração durou pouco, mas, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, foi suficiente para alegrar moradores e turistas. Os flocos intercalaram entre leves e intensos. Por volta das 17h, já haviam cessado e retomaram à noite.

Também caíram alguns flocos em Canela, cidade vizinha a Gramado, por volta das 16h. A primeira queda foi leve, durou apenas alguns minutos e parou. Mas a segunda, por volta das 16h20, foi mais intensa. E voltou a nevar quando escureceu.

A neve precisa de condições muito específicas para que aconteça. De forma simplificada, o fenômeno é a precipitação na forma de flocos formados por cristais de gelo, ou seja, a água precipita já em estado sólido. Para que isso aconteça, é preciso que a temperatura da atmosfera esteja abaixo de zero. Só assim o cristal de gelo chega sólido – e não líquido – ao solo, explica Maria Clara Sassaki, meteorologista da Somar.

— Esse cristal passa por toda essa camada resfriada e vem para a atmosfera de forma leve no formato de floco, mais achatadinho, e não quica no chão. Diferentemente da chuva congelada e do graupel, caem de forma mais pesada na terra e em formato mais esférico — explica.

Novo Hamburgo, Tupanciretã, Itaara, Júlio de Castilhos, Nova Petrópolis, Lavras do Sul e Canguçu tiveram queda de chuva congelada. Pinheiro Machado, por sua vez, registrou graupel, conforme a Somar.

Apesar de parecidos, chuva congelada e graupel são fenômenos diferentes. Quando a neve cai da nuvem e atravessa uma atmosfera um pouco mais aquecida – acima dos 0°C – e volta a encontrar uma camada de ar frio, sua parte interna fica com uma consistência mais mole, e a camada externa permanece congelada. Daí, surge a chuva congelada, diz Maria Clara:

— Já o graupel é resultado da união de flocos de neve que, durante sua queda, passam por outras áreas de temperaturas muito baixas. Isso faz com que os flocos se aglutinem, formando pequenas pedras de gelo.

Gaúcha ZH