Rodoviária de BC é fechada para desembarques. Carros de focos de transmissão não poderão entrar na cidade.

Foi publicado nesta quarta-feira (18) o decreto com novas medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do Coronavírus (COVID-19) em Balneário Camboriú.

As novas medidas se fazem necessárias frente à confirmação de dois casos comprovados da doença em Balneário Camboriú, um de uma mulher de 52 anos que esteve na Itália; outro de um homem de 42 anos que veio de São Paulo. Ambos estão em isolamento domiciliar.

As medidas do novo decreto, que se somam às medidas já tomadas no decreto anterior são as seguintes:

1- ÔNIBUS DE TURISMO JÁ ESTAVAM PROIBIDOS DE ENTRAR NA CIDADE, AGORA TAMBÉM VEÍCULOS SERÃO ABORDADOS.
Serão fixadas barreiras nas entradas de Balneário Camboriú. Essas barreiras serão monitoradas por equipes das secretarias de Saúde e de Segurança, que farão a verificação do estado de saúde dos motoristas e passageiros dos veículos abordados, assim como farão as orientações necessárias aos ocupantes.

2 – Nessas barreiras, veículos com placas de cidades ou regiões com contaminação comunitária do COVID-19, NÃO PODERÃO ENTRAR NA CIDADE,. Exemplos: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Brasília e sul do Estado de Santa Catarina.

3- Exceções:
– Motoristas de aplicativos, ou de carros que tenham licenciamento em alguma das cidades com contaminação comunitária, que comprovarem ser moradores de Balneário Camboriú não sofrerão restrições.
– Também é livre a passagem de veículos de transporte de gêneros alimentícios, medicinais e de caráter essencial.

4 – Os entregadores de serviços de tele entrega deverão reforçar medidas de higienização em especial com utilização de álcool gel, máscaras e luvas.

5 – Atendimento na prefeitura será só on-line ou por telefone. O atendimento em todos os órgãos da prefeitura se dará por telefone ou via eletrônica, pela plataforma 1doc ou por e-mails funcionais. Isso visa impedir aglomerações nos órgãos da prefeitura. O trabalho dos servidores será interno, ou em regime de teletrabalho, conforme orientação das chefias.

6 – Exceções: Secretaria de Segurança, Secretaria de Saúde, Defesa Civil, e Fiscalização. Estes setores trabalharão sem restrições, inclusive, se necessário, servidores dessas áreas em férias ou de licença poderão ser requisitados a retornar ao trabalho.

7 – Servidores com mais de 65 anos, gestantes de alto risco e portadores de doenças crônicas descompensadas serão afastados de suas atividades sem prejuízo de seus vencimentos.

8 – A Construção Civil deverá trabalhar com capacidade mínima.

9 – Fica limitada a quantidade de pessoas em supermercado e farmácias, na base de uma (1) pessoa para cada 2 metros quadrados. Isso visa, também, impedir aglomeração na área comercial desses estabelecimentos.

10- Um ambulatório foi instalado no estacionamento do Hospital Ruth Cardoso e oferece atendimento exclusivo a pessoas que apresentarem sintomas respiratórios. Lá elas são avaliadas e orientadas.

11 – Os casos omissos, ou não previstos, neste decreto serão decididos pela Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Tratamento do Coronavírus da Administração Municipal.

SITUAÇÃO:

Há na cidade o registro de 27 casos suspeitos sintomáticos, que estão sendo monitorados em seus domicílios, sendo que um deles precisou internamento; e 33 casos suspeitos assintomáticos, todos em isolamento domiciliar.

NOVAS LINHAS PARA ATENDIMENTO DA EPIDEMIOLOGIA
(As pessoas que apresentam os sintomas podem ligar para serem orientadas):

3267-7133 e 3267 – 7134

No Brasil e em Santa Catarina
Até às 18h40 desta quarta (18), as secretarias estaduais de Saúde divulgaram 413 casos confirmados de novo coronavírus no Brasil em 20 estados e no Distrito Federal. Em São Paulo foi registrada a 3ª morte pelo coronavírus, confirmada nesta quarta pelo governo estadual. Paraíba registrou o primeiro confirmado de infecção pelo vírus.

Em Santa Catarina, foram confirmados 14 casos. Outras 177 suspeitas da doença são investigadas em todo o território catarinense.

Comente Abaixo