Santa Catarina tem 110.000 pessoas esperando por cirurgias eletivas

Você sabia que há uma fila de espera de 100 mil cirurgias eletivas em Santa Catarina?

O MPSC tem atuado intensamente na garantia do direito à saúde para a população. Em uma reunião realizada nesta quinta-feira (23/6), o MPSC recebeu a resposta da Secretaria de Estado da Saúde para as demandas e propostas apresentadas a fim de reduzir as filas de espera por cirurgias eletivas e dar maior transparência ao fluxo dos atendimentos.

Em 11 de maio, o MPSC levou ao Secretário de Saúde e sua equipe um diagnóstico da situação da área no estado, destacando possíveis soluções para filas de espera – incompatíveis com a garantia do direito à saúde da população -, que passam por maior transparência, eficiência na avaliação e no controle e adoção de medidas específicas para o enfrentamento das filas.

O diagnóstico foi produzido pelo Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos do MPSC (CDH), a partir da identificação, por parte do Conselho Superior do Ministério Público, do crescimento do número de procedimentos tratando da demora excessiva para atendimento de pacientes em diversas comarcas catarinenses.

No vídeo, o Coordenador do CDH, Promotor de Justiça Douglas Roberto Martins, explica a importância da reunião e os seus desdobramentos.

Publicidade