São Judas vence o Campeonato de Futebol Amador de Camboriú

A equipe do São Judas venceu o Scheyk por 1 a 0 no estádio Roberto Santos Garcia, o Robertão, e se consagrou a campeã da 1ª divisão do Campeonato de Futebol Amador de Camboriú. Finalizações dos dois times, euforia da torcida e gol contra marcaram a final da competição, realizada na sexta-feira, dia 10. Os atletas e a comunidade prestaram um minuto de silêncio pela morte de André Felipe Porto.

O último jogo da competição foi acirrado, decidido nos detalhes. O Scheyk iniciou a partida com mais trabalho de bola e três finalizações seguidas. Aos 15 minutos, André Felipe, do São Judas, criou oportunidade e chutou forte, mas a bola passou por cima do goleiro. Nos minutos seguintes, a equipe vencedora ainda teve outras duas oportunidades, só que o goleiro do Scheyk, Lucas Tiamm, fez boas defesas.
No início do segundo tempo, saiu o único gol da partida. O atleta do Scheyk tentou tirar a bola da grande área, mas marcou contra. A oportunidade de empatar veio aos 19 minutos. Lucas Laureano cruzou, Renan Jeferson cabeceou, mas a bola passou no lado da trave. Cartões amarelos, substituições e cinco minutos de acréscimo definiram o resto da partida.
Com a vitória, a equipe do São Judas voltou para casa com o troféu Jair Gervásio – Gica, medalhas de ouro e R$ 2 mil. A equipe da Panificadora Santos ficou com a terceira colocação do campeonato. Os times Amigos da Bola e Casa das Máquinas foram os dois últimos colocados e caíram para a Série B do campeonato de 2020. “A competição teve um nível técnico muito bom, jogos equilibrados, assim como vimos na final”, compartilha o gestor esportivo da Fundação Municipal de Esportes (FME), Natanaã Everton da Silva.
Destaques 
A FME premiou vários destaques da competição. Lucas Tiamm de Matos, da equipe do Scheyk, recebeu o troféu de goleiro menos vazado – dois gols sofridos. O prêmio de artilheiro do campeonato foi para Valdecir Back, o Rato, do São Judas. Foram sete gols marcados. Paulo Gonçalves foi eleito o melhor técnico pelo trabalho que desenvolveu com a equipe vencedora.
“O campeonato, como sempre, fomenta a prática esportiva em Camboriú e é um momento de lazer para a comunidade”, comentou o prefeito Elcio Rogério Kuhnen. “Nessa edição, ainda tivemos a oportunidade de homenagear Jair Gervásio, o Gica, que foi um grande amante do futebol”, completou. Roseli Maria Gervásio e Paulo Gervásio, viúva e filho do atleta, respectivamente, receberam um troféu da Fundação.

Comente Abaixo