Saúde de Camboriú alerta sobre os cuidados com a dengue

Desde o ano passado a Vigilância Epidemiológica tem aumentado a fiscalização no bairro Taboleiro, por ter sido identificados focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue. Nesta segunda-feira, dia 18 a Secretaria de Saúde intensificou a fiscalização e deu início ao bloqueio de transmissão – com aplicação de veneno nas ruas do bairro. Casos suspeitos foram identificados no bairro. Os moradores devem ficar alerta e realizar os cuidados necessários de prevenção.

Outras ações como visita casa a casa, panfletagem e distribuição de repelente começaram a ser realizadas. A orientação é para que cada morador tome medidas de prevenção para evitar focos do mosquito e transmissão da doença. “Precisamos da ajuda dos moradores. Vamos dar início a uma campanha para combater o transmissor. Cada um deve fazer sua parte”, declara a secretária de Saúde Elisama de Freitas. “Ao perceber os primeiros sintomas da doença procure imediatamente a Unidade de Saúde”, conclui.

Várias ações já foram realizadas para combater o mosquito. Em janeiro deste ano a Vigilância Sanitária juntamente com a Polícia Militar e Fundação do Meio Ambiente interditaram o pátio de veículos, localizado no Taboleiro, que não possuía alvará sanitário, certificado de controle de pragas e apresentava focos do mosquito Aedes Aegypti. Além disso, fiscalização em vários estabelecimentos comerciais foram realizadas.

Os cuidados e precauções:

– Ficar atento aos sintomas da dengue – ao surgir procure imediatamente uma Unidade de Saúde

– Não deixar água parada em vasos, pneus e outros

– Não deixar lixo acumulado

-Usar repelente

Sintomas da dengue:

– Manchas vermelhas pelo corpo – ao aparecer esse sintoma já procure uma Unidade de Saúde

– Febre

– Dor de cabeça

– Dor muscular

– Fadiga (cansaço)