Saúde erra data de 2° dose e monta drive-thru de emergência em BC

A prefeitura de Balneário Camboriú informou no sábado (10) que a vacinação de 66+ e segunda dose das pessoas com 77 anos, retornaria só na segunda-feira, dia 12.

Acontece que muitas pessoas de 77 anos foram agendadas para tomar a segunda dose no dia 11, domingo. Quem foi no local para tomar a vacina, deu com a cara na porta.

A filha de um idoso, que esteve no local vazio, denunciou o caso a um jornal local. “A segunda dose da vacina do meu pai, assim como de outras pessoas aqui, foi marcada para dia 11 de abril, no Ivo Silveira, como drive-thru, mas não tem ninguém hoje. Os guardas municipais não souberam falar nada. Que irresponsabilidade a da prefeitura em avisar!”, criticou A.C.

Ela estava indignada porque ficou na fila esperando, mas não apareceu ninguém sequer para explicar o que estava ocorrendo.

Drive Thru

As 11:33 da manhã, a assessoria de imprensa do município divulgou em diversos grupos que iria ocorrer a vacinação na tarde deste domingo. A atitude causou estranheza a quem estava informado de que não haveria vacinação hoje.

O motivo desta mudança repentina ficou esclarecida após a denuncia aparecer na imprensa. A saúde se agilizou rapidinho para montar o drive thru de última hora e vacinar a galera que procurava o local.

Procurada, a secretária de Saúde de BC, Leila Crocomo, informou que houve um equívoco ao agendar a data da segunda dose para o dia 11 de abril, domingo. “Quando detectamos o problema montamos uma equipe de imediato para minimizar a situação. Já contornamos a situação, colocamos aviso no local do drive. Estamos realizando a vacinação hoje, das 13 às 17 horas, mas no posto de saúde Central na rua 1500”, informou à reportagem.

Proibiram foto

A mesma denunciante correu para vacinar seu pai assim que soube que haviam montado o ponto de vacinação. Mas foi frustrada novamente quando tentou fotografar o momento.

“Achei estranho que estão proibindo as pessoas de tirarem foto do momento da vacinação na segunda dose. Dizem que quem já fez fotografia na primeira dose, não pode fotografar novamente na segunda dose. Achei essa postura estranha,” opinou a reclamante.

A secretária ainda informou que não há proibição para retirada da foto. “Ao contrário, orientamos todos nossos profissionais pra deixarem o trabalho sempre acessível e transparente, podem filmar ou fotografar os idosos recebendo a vacina, com certeza. A coordenadora já está verificando o ocorrido”, informou Leila.