Saúde orienta sobre liberação de medicamentos e validade das prescrições médicas

Por conta da pandemia do coronavírus, a Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú adotou novas medidas para a liberação de medicamentos nas farmácias municipais, além da prorrogação da validade das receitas médicas. Tais medidas entram em vigor nesta quinta-feira (13) e seguem enquanto durarem as ações de prevenção da covid-19.

O prazo de validade das prescrições de medicamentos foi estendido para 365 dias, a partir da data da prescrição, exceto, as receitas que tratam de medicamentos controlados (receita amarela e azul), que devem obedecer a portaria 344/98, ou seja, são válidas por 30 dias após a data de emissão. Estas prescrições precisam ser renovadas por meio de consultas médicas. No caso de receitas para uso contínuo (receita branca carbonada) e controlados, a renovação é feita pelo serviço de telemedicina, com certificado digital.

Aos tratamentos indicados como uso contínuo será dispensado o quantitativo suficiente para 60 dias, sendo uma entrega única ou três entregas consecutivas, a cada 30 dias. Vale lembrar que, para retirar os medicamentos, é preciso apresentar o documento de identificação com foto.

O prazo e regras de liberação de medicamentos disponibilizados pelo Programa Farmácia Popular deverão seguir as regulamentações do Ministério da Saúde.

Para que os idosos permaneçam em casa, os medicamentos são entregues pelo Programa Abraço ao Idoso. Os pacientes devem entrar em contato com a Secretaria da Pessoa Idosa (SPI), no telefone (47) 3261-5300, tanto para solicitar os medicamentos, como também para renovar a prescrição médica, se for de uso controlado.