“SC e o Brasil entrarão em uma guerra que ainda não começou”, alerta governador

Após atualizar os dados de coronavírus em Santa Catarina, nesta sexta-feria (10), o governador Carlos Moisés fez uma previsão sobre os próximos dias de combate à Covid-19. Segundo ele, serão difíceis em relação à luta contra a pandemia no Estado e no Brasil.

“Santa Catarina e o Brasil entrarão em uma guerra que ainda não começou. Posso dizer que os dias que virão serão muito duros para o nosso País e Santa Catarina. Nós assistiremos situações muito duras e o que a gente precisa é mitigar o efeito dessa pandemia”, disse Carlos Moisés.

Porém, o governo do Estado deve anunciar a liberação de novas atividades econômicas neste sábado (11). No entanto, o governador adiantou que não serão liberadas, no momento, as atividades e shopping centers e reunião de pessoas em lugares públicos, por exemplo.

Segundo Moisés, o governo segue trabalhando para o convívio dos catarinenses com o vírus. Além disso, ele acrescentou que existe a possibilidade de retomar medidas mais restritivas, caso “a linha volte a mostrar outro comportamento”, ao se referir ao números de casos.

Até o momento, 18 pessoas morreram por causa da Covid-19 em Santa Catarina. Além disso, 717 pacientes testaram positivo em Santa Catarina. Dessas, 78 pessoas seguem internados em UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo), tanto na rede pública como privada.

Comente Abaixo