Sem avisar, Rodoviária de Balneário fecha acesso público de carros

O Terminal Rodoviário de Balneário fechou nesta quinta-feira (11) o acesso público de carros para embarque e desembarque de passageiros. A medida foi tomada sem aviso prévio e tem gerado confusão.

O acesso agora fica condicionado somente pelo estacionamento privado do terminal. A tolerância para embarque e desembarque é de 5 minutos, ultrapassado esse tempo é cobrado R$2,00 a cada 10 minutos.
A entrada e saída agora são feitos exclusivamente pela rua Amapá que, além de estreita, é uma via de mão dupla.



A medida pegou de surpresa até mesmo os funcionários e alguns condôminos do terminal. Por se tratar de um condomínio, a prefeitura não tem poder de fiscalizar ou impedir esse tipo de ação no Terminal Rodoviário.

Um funcionário da prefeitura informou que nem mesmo a administração ficou sabendo da mudança. Um supervisor do FUNTRAN não soube informar se o departamento foi avisado com antecedência sobre a mudança e o impacto que isso irá gerar no entorno do terminal. Apenas foi solicitado aos Agentes de Trânsito, o apoio para acompanhar o no local depois que a mudança já havia sido efetuada.

A mudança tem gerado reclamações tanto de usuários quanto de taxistas e motoristas de aplicativo que, frequentemente, deixam passageiros local.
Uma das reclamações é o baixo tempo de tolerância que, em dias ou horários de pico, poderá ser pouco para embarcar ou desembarcar passageiros. Sem contar a necessidade de ser obrigado a ter que entrar no estacionamento para poder pegar ou deixar um passageiro dentro do terminal.

A reportagem não conseguiu contato com o síndico do Condomínio Terminal Rodoviário

Comente Abaixo
error: Este conteúdo é protegido. As fontes estão mencionadas no final da matéria.