Servidor exonerado por usar veiculo da prefeitura para uso particular é recontratado

Em junho de 2021, um servidor comissionado da prefeitura de Camboriú foi exonerado após usar um veículo da frota municipal para recolher entulho em frente à sua casa. O vídeo que flagrou a ação circulou nas redes socias. Confira abaixo.

Arnito Momm atuava como chefe de divisão de água e esgoto da Secretaria de Obras de Camboriú, foi exonerado pelo prefeito Elcio Rogperio Kuhnen (MDB) no dia 23 de junho.

Em dezembro de 2021, a comissão de processo administrativo da prefeitura realizou diligências para dar continuidade ao processo administrativo que apurava a responsabilidade do servidor no ato. A comissão chegou a enviar emails para veículos de comunicação para tentar identificar a fonte jornalística que registrou o vídeo e poder colher depoimentos. Para o Portal Visse, o email foi enviado no dia 17 de dezembro de 2021, mas a nossa direção decidiu por se basear no inciso XIV do Art. 5° da Constituição Federal para garantir o direito do sigilo da fonte.

O que causa surpresa é que hoje, dia 18 de janeiro, o senhor Arnito Momm voltou a ser contratado como cargo em comissão, desta vez na secretaria de obras, para desempenhar a função de “assessor de departamento”. A portaria de nomeação retroage os efeitos para o dia 13 de janeiro.

O vídeo registrado pelo denunciante por si só já comprova o flagrante crime de peculato, reconhecido pela administração pública ao exonerar o servidor e procedendo com a abertura do processo administrativo. Não se sabe se o processo administrativo chegou a ser concluído com as devidas punições ou foi passado panos quentes, possibilitando a recontratação do mesmo.

 

Publicidade