Setor hoteleiro e gastronômico de BC prontos para o retorno

Neste final de semana, ainda orientado pelo anúncio do Governo do Estado de que hotéis e restaurantes reabririam as portas no dia 01 de abril, o Sindisol (Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Balneário Camboriú e Região) esteve reunido com o secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Valdir Walendowsky.

A ação foi conjunta com o Comtur (Conselho Municipal de Turismo), e com a Abres (Associação de Bares e Restaurantes de Balneário Camboriú), ainda tendo como convidado especial o médico infectologista e membro do Comitê de Combate ao Coronavírus no município, Martoni Moura e Silva.

O objetivo foi listar medidas de proteção para usuários de serviços relacionados à hotelaria e à gastronomia, bem como aos colaboradores destes estabelecimentos. O grupo elaborou um ofício para encaminhar ao prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, constando uma série de medidas preventivas a serem adotadas pelo setor.

Porém, na noite de domingo, o Governo do Estado publicou nova medida suspendendo a retomada dos serviços.

O presidente do Sindisol, Isaac Pires, comenta que o setor está preparado.“Temos observado um dinamismo muito grande de um dia para outro. De domingo à noite para hoje, segunda, já temos a notícia de que prossegue a quarentena. Porém, como representamos mais de 700 estabelecimentos, que geram mais de dez mil empregos, segue nosso trabalho e temos que estar preparados para uma possível retomada. Daí nosso empenho em buscar diretrizes, alinhar medidas com outras instituições, ouvir especialistas, tudo isso no intuito de preparar da melhor forma os estabelecimentos e resguardar a saúde de clientes, colaboradores e sociedade em geral”, enfatiza Pires.

Comente Abaixo