Temperaturas despencam no feriado em todo sul do Brasil

Amanhecer em Urupema — Foto: Marleno Muniz Farias/Arquivo Pessoal

A segunda massa de ar frio de maior intensidade deste outono ingressa no Sul do Brasil entre esta quarta e a quinta-feira. Vai ser responsável por um acentuado declínio da temperatura.

A previsão é que a incursão de ar frio traga temperatura muito baixa para abril nas madrugadas. As mínimas devem ficar perto de 0ºC em cidades de maior altitude do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Haverá pontos com marcas negativas. O frio deve trazer ainda formação de geada e que pode chegar ao Paraná.

Esta segunda massa de ar frio vai proporcionar temperatura semelhante ao que foi observado na primeira do final de março. As mínimas devem ficar 6ºC a 8ºC abaixo do que é normal para abril. Já as máximas tendem a ficar 4ºC a 5ºC abaixo das médias normais do período da tarde em abril.

Como é ainda começo de outono, o frio nesta época se limita mais à noite, madrugada e o começo da manhã. Com isso, as marcas são amenas ou agradáveis durante a tarde. É bastante frequente durante o outono que se produza o chamado “efeito cebola” em que as pessoas saem de casa mais agasalhadas cedo da manhã pelo frio e ao longo do dia vão retirando as peças de vestuário de inverno com a subida da temperatura.

A massa de ar frio começa a ingressar no Rio Grande do Sul nesta quarta-feira e vai induzir instabilidade com chuva em pontos do Norte e da Metade Leste do território gaúcho, possivelmente também na área de Porto Alegre. Embora o dia ainda tenha temperatura agradável, o resfriamento começará a ser percebido no fim da quarta a partir do Oeste e do Sul do estado gaúcho.

Será no final da quarta que ocorrerão as mínimas do dia à medida que o ar frio avança do Uruguai e da Argentina para o Sul do Brasil. O dia deve terminar com marcas de 11ºC a 13ºC no Sul gaúcho e na Campanha, e até menores na Serra do Sudeste. Nas demais regiões gaúchas, a queda da temperatura deve ser percebida mais ao longo da madrugada da quinta-feira.

AR FRIO VAI ALCANÇAR O CENTRO-OESTE E O SUDESTE

A massa de ar frio que vai ingressar não é intensa, mas vai conseguir alcançar o Sudeste e o Centro-Oeste do Brasil. Com efeito, diversos estados destas regiões devem experimentar queda da temperatura e muitas cidades que têm sofrido com calor mesmo em abril devem ter um alivio. Mais ao Centro do Brasil, o efeito do ar frio na maioria dos pontos será percebido mais como um refresco que propriamente frio.

Veja na sequência de mapas do modelo GFS acima com as anomalias (desvio da média) de temperatura em 850 hPa (nível de pressão de 1.500 metros de altitude) como o ar frio avançará pelo território brasileiro e conseguirá alcançar estados tanto do Centro-Oeste como do Sudeste na segunda metade desta semana.

Onde deve fazer mais frio no Centro-Oeste é no Sul do Mato Grosso do Sul com mínimas de 11ºC a 13ºC na região de Ponta Porã. No Sudeste, as noites do fim de semana serão frias em diferentes pontos do estado de São Paulo. A capital paulista deve ter as mínimas do ano com 11ºC a 12ºC, mas marcas menores na rede do CGE da Prefeitura. Na cidade do Rio de Janeiro, o ar frio chega na sexta e garantirá um fim de semana bastante ameno.

Via MetSUL

Publicidade